yourdomain.com Forum Index yourdomain.com
A _little_ text to describe your forum
 
 FAQFAQ   SearchSearch   MemberlistMemberlist   UsergroupsUsergroups   RegisterRegister 
 ProfileProfile   Log in to check your private messagesLog in to check your private messages   Log inLog in 

OM em Portugal
Goto page 1, 2, 3, 4, 5, 6  Next
 
This forum is locked: you cannot post, reply to, or edit topics.   This topic is locked: you cannot edit posts or make replies.    yourdomain.com Forum Index -> Radiodifusão em Onda Média / Longa
View previous topic :: View next topic  
Author Message
admin
Site Admin


Joined: 01 Jan 1970
Posts: 1931
Location: Alentejo (Portugal)

PostPosted: Tue Jan 16, 2007 7:24 pm    Post subject: OM em Portugal Reply with quote

(Colocada: 13 Fev 2006 12:23 pm)


CarlosL wrote:
Os post que têm sido colocados nesta rúbrica demonstram algum interesse por este tipo de ondas por parte dos utilizadores deste forum. Todavia surgem-me sempre as mesmas questões:
1- Em Portugal existe OM? Na minha opinião não. A OM morreu em Portugal em meados dos anos 80, com a explosão do fenomeno das radios piratas que inundou o eter em FM.
2- Em Portugal existem ouvintes de OM? Não e a origem advem do ponto 1. Julgo que já nem os relatos são ouvidos em OM, nos celebres transitores a pilhas.
3- Corolário das anteriores: Como revitalizar a OM em Portugal? Criar novas frequências para rádios + especificas (locais, universitárias, etc)? Melhorar as condições de recepção?

_________________
Bons 73s,
Luís Carvalho

Administrador do Mundodarádio - O universo da rádio na Internet
http://mundodaradio.lusopt.info
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
admin
Site Admin


Joined: 01 Jan 1970
Posts: 1931
Location: Alentejo (Portugal)

PostPosted: Tue Jan 16, 2007 7:25 pm    Post subject: Reply with quote

Scalabitano wrote:
Na Era em que estamos, onde o digital reina, e a oferta em termos de qualidade sonora é muita, a OM ou se actualiza e melhora a sua qualidade de som ou morre de vez. Já quase ninguém tem paciência para ouvir uma emissão em AM com pouca largura de banda, onde se ouvem "estalidos" e som roufanho! Tirando os entusiastas destas coisas, da qual eu me incluo, quem mais tem tempo a perder com a OM analógica e com falta de manutenção?

Abraços

_________________
Bons 73s,
Luís Carvalho

Administrador do Mundodarádio - O universo da rádio na Internet
http://mundodaradio.lusopt.info
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
admin
Site Admin


Joined: 01 Jan 1970
Posts: 1931
Location: Alentejo (Portugal)

PostPosted: Tue Jan 16, 2007 7:25 pm    Post subject: Reply with quote

Acredito que o futuro da OM passa pelo DRM. Com a propagação das ondas médias aliada à tecnologia de som digital, com qualidade de som idêntica ao FM, o DRM pode revitalizar a Onda Média. É preciso é saber apostar nesta tecnologia e aproveitar ao máximo as capacidades da mesma.
Quanto à OM analógica, a RR aproveita as vozes regionais (de Lisboa, Porto, Évora,Viseu, Chaves e Braga. É mesmo a única rádio que aproveita a OM analógica com programação própria. A MCR e a RDP apenas usam a OM para retransmitir a Antena 1 e RCP.
_________________
Bons 73s,
Luís Carvalho

Administrador do Mundodarádio - O universo da rádio na Internet
http://mundodaradio.lusopt.info
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
admin
Site Admin


Joined: 01 Jan 1970
Posts: 1931
Location: Alentejo (Portugal)

PostPosted: Tue Jan 16, 2007 7:26 pm    Post subject: Morte da OM/MF em Portugal (?) Reply with quote

(Colocada: 20 Abr 2006 02:45 pm)


Carlos Gonçalves wrote:
A aposta na OM/MF em Portugal sempre se pautou por exiguidade de txs e, sobretudo, na sua potência... naturalmente, pelos custos que ambos implicam, já excluindo o custo da factura da electricidade.

Outrora, os Açores* e a Madeira** tinham uma cobertura escassa, e mesmo as radiodifusoras privadas seguiam o mesmo padrão. No continente, a R.Altitude 1584 kHz 1 kW Guarda só vai emitindo em VHF-FM e a sua págª internet nem menciona a freq. MF atribuída, ainda válida.

*) est. priv. açorianas: R.Lajes - a Voz da FAP 648 kHz 1 kW (lic. válida, activa só em VHF-FM) R.Club de Angra 909 kHz 1 kW (idem), Est.Emissora do Club Asas do Atlântico 1566 kHz 10 kW (idem).
**) est. priv. madeirenses: (de 2, só resta 1) PEF-Posto Emissor do Funchal 1530 kHz 10 kW Funchal e 1017 kHz 1 k! Santana.

Enquanto a R.Altitude, a R.Lajes e a EECAA suspenderam a OM/LF por custos de operação, mesmo tratando-se de pequenos txs de 1 kW (!), o RCAngra www.rca.dacores.com ficou sem a sua torre-antena durante um temporal e, tb. por custos, tem adiado a reactivação dos 909 kHz.

A penúria será certamente um dos factore determinantes do refrear nas operações em OM/MF, sempre foi. Daí ao desinteresse do ouvinte é só um passo.

O modo digital ("DRM"-Digital Radio Mondiale) aplicado às emissões em OCurta/HF, OM/MF e mesmo OL/LF tem vindo a colher adeptos, mas quem o faz está, literalmente, a queimar quilowatts. Onde estão os receptores compatíveis? Existem, mas é quase inviável, por agora, pretender um rx que contemple os modos analógico e digital mediante um simples botão é mito.

73.
Carlos Gonçalves.

_________________
Bons 73s,
Luís Carvalho

Administrador do Mundodarádio - O universo da rádio na Internet
http://mundodaradio.lusopt.info
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
admin
Site Admin


Joined: 01 Jan 1970
Posts: 1931
Location: Alentejo (Portugal)

PostPosted: Tue Jan 16, 2007 7:27 pm    Post subject: Reply with quote

(Colocada: 25 Abr 2006 07:50 pm)


Asgard wrote:
Eu ainda apoio a onda media mas para uma aplicaçao diferente do que a actual.
No meu caso adorei poder ouvir a RCP a noite ate Bordeaux e em Casa em Paris quando essa ainda nao estava via satelite.
De facto da gozo estar fora de Portugal e ouvir a Antena 1 , a RR e RCP.
Mas e verdade que tem se cada vez degradado mais em termos de potencia.
Muitos motoristas que saem de Portugal , ficam ligados a Portugal atraves de AM.

Outro ponto, a onda media espero eu ira renascer graças a DRM , esperando que nessa altura as potencias sejam aumentadas.

Cumps

Asgard

_________________
Bons 73s,
Luís Carvalho

Administrador do Mundodarádio - O universo da rádio na Internet
http://mundodaradio.lusopt.info
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
admin
Site Admin


Joined: 01 Jan 1970
Posts: 1931
Location: Alentejo (Portugal)

PostPosted: Tue Jan 16, 2007 7:28 pm    Post subject: Onda Média em Portugal Reply with quote

(Colocada: 26 Abr 2006 03:15 pm)


Carlos Gonçalves wrote:
Qq. um que se ponha no lugar de quem está no estrangeiro não muito distante compreende as aspirações do ouvinte de lá e que gostaria de escutar a emissão OM no trajecto, mas há que considerar os custos de operação em MF/OM... ainda mais elevados, se em LF/OL!

Há países europeus c/ nível de vida acima do n/ que já desvalorizaram a manutenção de emissoras em OM. Outros fazem o oposto... até um dia terem que "fechar a torneira."

A Áustria é um bom ex.: há anos que a ÖRF só tem 1 tx de OM, em 1476 kHz 60 kW. Fora de 600 kW há uns bons anos.

Outros há ainda, como a Suiça, que mantiveram potentes estações, uma p/ cada língua (alemão/romanche, francês e italiano), como se só assim conseguissem cobrir o país. Ora, compreende-se que o intuito foi bem outro: pretendiam que os sinais fossem escutados muito p/ além das fronteiras. São políticas de cada estado, não só das emissoras.

Veja-se, entretanto, o caso a irlandesa RTÉ; actualmente, emite só via 3 txs: Clarkestown 252 kHz 500 kW, Tullamore 567 kHz 500 kW e Corcaighe (Cork, à inglesa) 729 kHz 10 kW. NB: a ex. de muitas outras est., as potências indicadas são as máx., sendo reduzidas à noite. O Éire é mais pequeno de Portugal e a RTÉ já tem 4 prgrs via VHF-FM. Qual o propósito dos 252 kHz e 567 kHz c/ tais potências? Claramente, a cobertura diurna e noctura p/ o GB, nada mais. Se uma das línguas ncionais fosse outra que não o inglês, podereis estar certos de que isso não aconteceria.

Tal como está, a nível estatal, a OM da RDP continental, madeirense e açoreana (aproveito p/ pedir desculpa por lapso no léxico em mensagem algures neste Fórum, pois grafei [açorianas]!) destina-se mais a um apoio à VHF-FM, mas tb. à manutenção das freqs. atribuídas a Portugal. Por outras palavras, a RDP (como, de resto as demais: RR e RC/RCP) não pretende assegurar cobertura nacional via OM. Para isso, já dispõe das suas redes de VHF.

Poderá ser triste, mas é o que temos.

73.
Carlos Gonçalves.

_________________
Bons 73s,
Luís Carvalho

Administrador do Mundodarádio - O universo da rádio na Internet
http://mundodaradio.lusopt.info
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
admin
Site Admin


Joined: 01 Jan 1970
Posts: 1931
Location: Alentejo (Portugal)

PostPosted: Tue Jan 16, 2007 7:28 pm    Post subject: Reply with quote

(Colocada: 26 Abr 2006 03:32 pm)


Asgard wrote:
Eu ca espero que o DRM venha a dar uma nova vida a essas ondas que estao a ser deixadas para tras aqui no velho continente.

Na suiça realmente os emisores AM nao sao la grande coisa, mas os emissores DAB vieram justamente trazer os programas das outras regioes linguisticas a todos.
Sem esquecer o Satelite e o Cabo.

Realmente muda se para melhor qualidade , mas a cobertura nao do mesmo tipo que AM.

Em breve na Europa os automoveis vao ter um serviço semelhante ao dos EUA chamado XM ou no Canada Sirius ( Pago ) em que permite receber uma radio de costa a costa dos EUA.
Esperando que quando vier na Europa , canais livres venham a ser acesiveis.

Uma coisa e certa , o AM ainda e fortemente usado nas Americas e Africa.

Cumps

Asgard

_________________
Bons 73s,
Luís Carvalho

Administrador do Mundodarádio - O universo da rádio na Internet
http://mundodaradio.lusopt.info
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
admin
Site Admin


Joined: 01 Jan 1970
Posts: 1931
Location: Alentejo (Portugal)

PostPosted: Tue Jan 16, 2007 7:29 pm    Post subject: OM/MF nas Américas... e noutros continentes. Reply with quote

(Colocada: 26 Abr 2006 04:14 pm)


Carlos Gonçalves wrote:
Bolm, deverei começar por chamar a atenção p/ o erro sistemático de chamar "AM" - sigla corrente de um modo (analógico) de modulação de sinal de áudio - à banda de OM/MF. Causa arrepios!

O modo AM é apenas um entre os vários existentes. C/ a digitalização das formas de emitir conteúdo em rádio, já é possível "cozinhar" um modo consoante as necessidades, sendo os campos militar e diplomático os maiores utilizadores desta facilidade, por razões mais que óbvias. Naturalmente que o tx e rx têm de estar em sintonia, não apenas na freq. mas no modo!

Há radiodifusoras que não utilizam exclusivamente a dupla banda lateral (=AM); emitem em BLU-Banda Lateral Única. São, contudo, casos pontualíssimos, visto confrontarem-se c/ o reverso da moeda: muitos ouvintes não dispõem de rx susceptível de desmodular sinais de BLU, e, se os têm, a desmodulação nesses equipamentos é deficiente. Acresce que a qualidade p/ reprodução perde, embora se ganhe noutros parâmetros, mormente do lado de quem emite.

Quanto à popularidade da OM/MF fora da Europa, bom, prende-se c/ vários factores, entre eles, a dificuldade de cobertura mediante VHF-FM.

Já nem falando do modo AM aplicado à OC/HF, mormente nas chamadas bandas tropicais, há países que têm vindo a substituir os txs de OM/MF por redes de VHF-FM. Moçambique, por ex., já não emite em OC/HF há anos, tendo passado a MF e VHF-FM... mas duvida-se que a cobertura seja eficaz. Aliás, o panorama africano espelha bem o que vai sucedendo gradualmente pelo mndo: de txs de OC p/ cobertura nacional, e OM p/ cobertura local/regional, passou-se p/ "alguma OM e nenhuma ou escassa OC", em virtude dos custos dos txs e sua de manutenção.

O Gana esteve recentemente sem emissão durante semanas nos 4915 kHz 50 kW precisamente por falta de sobresselentes p/ o tx. A GBC assegura cobertura nacional mediante essa freq. da banda dos 60 m/5 MHz e 10 txs de VHF-FM.

Em 1976, usava 7 freqs. de HF e ainda se dava ao luxo de manter um serviço ext. c/ 4 txs de 100 kW e 2 de 250 kW, tb. utilizados noutro tempo p/ a est. clandestina Voz da África Livre, c/ propaganda anti-portuguesa. Curiosamente, nunca usou a OM/MF.

Para os DXistas, o desaparecimento gradual dos txs HF/OC é um fenómeno compreensível, mas que causa apreensão e tristeza. Se o DRM vier salvar isso, tanto melhor, mas que não coexista na mesma banda c/ os sinais ainda analógicos!

73.
Carlos Gonçalves.

_________________
Bons 73s,
Luís Carvalho

Administrador do Mundodarádio - O universo da rádio na Internet
http://mundodaradio.lusopt.info
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
admin
Site Admin


Joined: 01 Jan 1970
Posts: 1931
Location: Alentejo (Portugal)

PostPosted: Tue Jan 16, 2007 7:31 pm    Post subject: Cobertura deficiente em OM/MF. Reply with quote

(Colocada: 11 Mai 2006 05:27 pm)


Carlos Gonçalves wrote:
Tenho lido mensagens já "velhas" de meses nesta secção do Fórum, e constato que há, felizmente!, alguém que acusa a má cobertura de certos txs, mormente os pertencentes à RDP, situação que se reveste ainda de maior proeminência por tratar-se de estação pública, logo, obrigada a prestar um serviço a todos.

Sem querer fazer de advogado da RDP, já tive oportunidade de enviar algumas mensagens explicativas de parte da razão da má cobertura em OM/MF, em parte, decorrente da fraca potência dos txs.

Se, de dia, i.e. sem sinal propagado por reflexão ionosférica, a onda de solo ou directa, chega sofrìvelmente a certos pontos mais afastados, já de noite, e em consequência do citado fenómeno de reflexão, os sinais prestam-se a oscilar e... a sofrer interferência.

Ora a grande causa desta interferência é o mero facto da tb. dita fraca potência usada, fruto de políticas que já abordei - à cabeça, os custos, claro, mas porque as est. se escudam no facto de já terem cobertura (e melhor!) em VHF-FM.

A situação seria melhorada se não houvesse outros txs (estrangeiros) demasiado perto a operar no mesmo canal.

É precisamente p/ aqui que vai a crítica: a escolha de freqs. é, muitas vezes, má, mas não depende inteiramente da entidade que as explora. Elas são pedidas a nível internacional, avaliadas em função da potência e possível interferência mútua, e, depois, atribuídas ou não - e é neste processo que se pode "calhar" numa situação ridícula.

Apenas alguns ex.:

kHz est. interferente directo kW
594 RR Marrocos 50
630 RDP Tunísia 600
666 RDP Barcelona, Espanha 50
756 RDP Bilbo, Espanha 10
891 RR Argélia 600/300
927 RR Bélgica 300
963 RR Vitoria, Espanha 10
1287 RDP 3 txs, Espanha 5 e 10

Sabendo-se quais as pots. nacionais p/ os txs supra, basta imaginar o que sucede, e não é preciso ser mesmo de noite, especialmente no que respeita à RDP Portalegre 1287.

O tempo muda, surgem novas emissoras, eventualmente, c/ potência maior, e lá vem a interferência. Sucede o equivalente quando as nacionais baixam (!) a potência (caso da RDP).

Em artigo americano sobre o DX trans-continental, recordo ler críticas a certas escolhas de freqs. portuguesas precisamente por os seus sinais serem abafados por países vizinhos ou próximos (caso do norte de África, claro).

Mas, enfim, é o que temos e - dada a cobertura em VHF-FM, é quase supérflua a manutenção de est. em OM, infelizmente.

73.
Carlos Gonçalves.

_________________
Bons 73s,
Luís Carvalho

Administrador do Mundodarádio - O universo da rádio na Internet
http://mundodaradio.lusopt.info
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
admin
Site Admin


Joined: 01 Jan 1970
Posts: 1931
Location: Alentejo (Portugal)

PostPosted: Tue Jan 16, 2007 7:31 pm    Post subject: Reply with quote

No entanto, é preciso frisar que os 720 KHz da Antena 1 são captados em condições razoáveis em várias zonas de Espanha, de noite (propagação ionosférica) e os 1035 KHz, quando emitem "a todo o gás", ou seja na potência optimizada de 100 Kw atingem, além da Espanha, a França e Itália.
Sei até que já houve Dxistas na Itália a ouvirem os 927 KHz da Renascença Regiões Évora..
_________________
Bons 73s,
Luís Carvalho

Administrador do Mundodarádio - O universo da rádio na Internet
http://mundodaradio.lusopt.info
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
admin
Site Admin


Joined: 01 Jan 1970
Posts: 1931
Location: Alentejo (Portugal)

PostPosted: Tue Jan 16, 2007 7:31 pm    Post subject: Reply with quote

E convém relembrar que ainda há localidades onde o sinal da RDP em FM entra com dificuldade, por limitações geográficas. Ainda há quem tenha de sintonizar a A1 em Onda Média!
_________________
Bons 73s,
Luís Carvalho

Administrador do Mundodarádio - O universo da rádio na Internet
http://mundodaradio.lusopt.info
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
admin
Site Admin


Joined: 01 Jan 1970
Posts: 1931
Location: Alentejo (Portugal)

PostPosted: Tue Jan 16, 2007 7:32 pm    Post subject: Cobertura deficiente em OM/MF Reply with quote

(Colocada: 11 Mai 2006 06:49 pm)


Carlos Gonçalves wrote:
Caro Luís Carvalho:

Ainda bem que tocou essa faceta... que já entra pelo DX!

Na questão que coloquei anteriormente esqueci-me de apontar um outro pormenor de que muitos se esquecem e que ilustrarei c/ um exemplo demonstrativo do que pode iludir muitos ouvintes, fazendo-os crer que a cobertura é má em zona não muito afastada do tx mais próximo, logo, igualmente má mais adiante.

Recebo melhor a RDP Lamego 756 kHz 2 kW na costa SW do que na capital, e não apenas porque o nível de ruído eléctrico feito pelo Homem é maior aqui.

Explicação, válida p/ muitas outras situações:

o sinal nocturno é reflectido e, consoante a propagação e o ângulo, é possível que se fique na chamada zona de silêncio "a meio caminho entre a capital e Lamego, ou que o sinal seja mais fraco do que muitos mais quilómetros.

Assim, tb. por ex.., ao supor-se que as est. de Espanha chegam cá da mesma forma que chegam bem mais perto, dentro de Espanha, é errado.

73.
Carlos Gonçalves.

_________________
Bons 73s,
Luís Carvalho

Administrador do Mundodarádio - O universo da rádio na Internet
http://mundodaradio.lusopt.info
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
admin
Site Admin


Joined: 01 Jan 1970
Posts: 1931
Location: Alentejo (Portugal)

PostPosted: Tue Jan 16, 2007 7:34 pm    Post subject: DX em Onda Média / MF. Reply with quote

(Colocada: 11 Mai 2006 09:33 pm)


Carlos Gonçalves wrote:
Pegando na m/ mensagem de hoje às 1727 HUC intitulada "Cobertura deficiente em OM", um dos artigos onde também se pode algo acerca do que referi sobre a (má) distribuição dos canais vem em:

http://nrcdxas.org/articles/1st50.html
"Your first 50 Trans-Atlantic Countries (and then some)"

e é de autoria do DXista e radioamador americano Mark Connelly WA1ION, cuja interessante e vasta pág internet é

http://home.comcast.net/~markwa1ion/exaol1/weblink.htm

A dada altura, no parágrafo que classifica como "Categoria B"/[países]razoàvelmente fáceis, onde Portugal cont. surge logo em primeiro lugar, ele comenta:

"(...). I don't know how these guys get out of their backyards when competing with those North African juggernauts. (...)"

Realmente, a proximidade geográfica e a diferença considerável de potências só poderiam suscitar tal exclamação.

73.
Carlos Gonçalves.

_________________
Bons 73s,
Luís Carvalho

Administrador do Mundodarádio - O universo da rádio na Internet
http://mundodaradio.lusopt.info
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
admin
Site Admin


Joined: 01 Jan 1970
Posts: 1931
Location: Alentejo (Portugal)

PostPosted: Tue Jan 16, 2007 7:36 pm    Post subject: "Musiqueiros", potências, ouvintes... Reply with quote

(Colocada: 16 Out 2006 04:32 pm)


Carlos Gonçalves wrote:
Ref. tópico "R.Club off até quando?"

Caros "TMG",
"Masterhead"
e Luís Carvalho:

Pegando nos v/ escritos e na quase indignação (estou a brincar) por eu apelidar determinados receptores (domésticos) de "musiqueiros", etc. notem que há aqui nehum preconceito, nenhuma segunda intenção. Trata-se simplesmente de um termo corrente no meio, logo, não de m/ autoria, aplicado aos rxs que todos temos em casa, desde o velho rx a válvulas ao sintonizador, passando pelo pequeno portátil.

Bom, mas, enquanto outras questões foram abordadas já em mensagem separada e sob outro tópico, gostaria de falar um pouco sobre o que tem indignado vários quantos escrevem neste Fórum - a debilidade de certos txs de OM.

Supostamente, as estações efectuam estudos antes da implantação de um tx. Os resultados finais ficam, infelizmente, aquem das expectativas dos ouvintes que, modernamente, usam rxs que "passeiam" pela casa, o que é normal. As estações são disso conhecedoras, tanto as de OM como as de OC.

Enquanto um rx de mesa, antigo, funcionando c/ um fio como antena ext., até proporcionava melhor captação apesar da sua menor sensibilidade relativamente aos modelos modernos, os novos pecam por outra coisa: a implantação, i.e. o lugar onde, modernamente, se escutam as estações. Por outras palavras, as n/ casas...

... contruções modernas que se tornaram-se verdadeiras Gaiolas de Faraday, tal o cimento armado que possuem, por cima, de lado, por baixo. Acrescente-se a isso uma generosa quantidade de ruído proveniente do que temos em casa e do que os vizinhos têm, p/ não falar da rede eléctrica.

As estações tb. sabem disso... mas continuam a fazer o que que sempre fizeram em Portugal e até em territórios ultramarinos pequenos onde a OM eficaz teria sido boa solução, ainda que c/ algum custo.

Como ex. de desinteresse e de penúria, a que já aludi algures, recordemos a difusão do prgr 2 da EN/RDP em OM: apenas via "CEN" 756 e "Norte II" (Azurara, Vª do Conde) 1062 kHz, respectivamente 135 e 100 kHz. É certo que havia uma rede paralela em VHF-FM e o prgr em causa até se adapta melhor a esse modo, mas, houve cobertura nacional[/i] em OM nesse tempo? Claro que não.

Foi apenas um ex., mas pode aplicar-se às várias situações actuais: RDP, RR, MCR, quer no continente quer nas ilhas.

Em OC a situação é paralela. Noutros tempos, c/ as estações a usarem muito menos freqs. e txs, e estes c/ menor potência, a escuta era mais fácil, havia bem menos interferência... e ruído.

O crescimento do interesse foi acompanhado por aumentos enormes de potências. "Se não nos escutam assim, passamos de 50 kW p/ 100, se os 100 não chegam, instalamos 250, 500 kW." É um ciclo vicioso que levou muitas estações a enfrentar custos desnecessários (caso da RDP e muitas outras), porque os txs são dispendiosos e os custos c/ a energia assim desperdiçada enormes também.

73.
Carlos Gonçalves.

_________________
Bons 73s,
Luís Carvalho

Administrador do Mundodarádio - O universo da rádio na Internet
http://mundodaradio.lusopt.info
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
admin
Site Admin


Joined: 01 Jan 1970
Posts: 1931
Location: Alentejo (Portugal)

PostPosted: Tue Jan 16, 2007 7:38 pm    Post subject: Rádio Altitude 15484 kHz Reply with quote

(Colocada: 17 Out 2006 03:42 pm)


Carlos Gonçalves wrote:
Acaso há, entre os prezados membros deste Fórum, algum que possa desvender algo sobre a operação em OM desta emissora?

Receio que esteja tudo na mesma, à cabeça, pelo que a própria www.altitude.fm já nem refere.

Em 2005 e 2006, a estação pautou-se pelo secretismo remetendo toda e qq. info. solicitada p/ o habitualmente indisponível director, que tão-pouco se digna dar resposta a msgs. Contrastou c/ o sucedido nos anos precedentes.

Entretanto, a ANACOM continua a indicar a R.Altitude na lista de est. de OM.

Em 2004, a info. colhida foi a de que reactivariam os 1584 kHz num futuro próximo, passando a estar em // c/ os 90,9 MHz, isto na altura em que planeavam tb. difusão via internet, que parece ter ido avante. Nesse altura, o lamento que ouvi foi relativo ao custo da emissão em OM, que iria passar a 24 h... logo que reactivada.

De facto, torna-se mais rentável continuar a pagar a licença à ANACOM, mantendo a freq. reservada, do que explorá-la de facto, fruto do regulamento aplicável, certamente.

73.
Carlos Gonçalves.

_________________
Bons 73s,
Luís Carvalho

Administrador do Mundodarádio - O universo da rádio na Internet
http://mundodaradio.lusopt.info
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
Display posts from previous:   
This forum is locked: you cannot post, reply to, or edit topics.   This topic is locked: you cannot edit posts or make replies.    yourdomain.com Forum Index -> Radiodifusão em Onda Média / Longa All times are GMT
Goto page 1, 2, 3, 4, 5, 6  Next
Page 1 of 6

 
Jump to:  
You cannot post new topics in this forum
You cannot reply to topics in this forum
You cannot edit your posts in this forum
You cannot delete your posts in this forum
You cannot vote in polls in this forum


Powered by phpBB © 2001, 2005 phpBB Group