yourdomain.com Forum Index yourdomain.com
A _little_ text to describe your forum
 
 FAQFAQ   SearchSearch   MemberlistMemberlist   UsergroupsUsergroups   RegisterRegister 
 ProfileProfile   Log in to check your private messagesLog in to check your private messages   Log inLog in 

666 kHz - A frequência da besta...
Goto page Previous  1, 2
 
This forum is locked: you cannot post, reply to, or edit topics.   This topic is locked: you cannot edit posts or make replies.    yourdomain.com Forum Index -> Conversas Soltas
View previous topic :: View next topic  
Author Message
radiófilo



Joined: 06 Mar 2007
Posts: 99
Location: Campo de Ourique - Lisboa

PostPosted: Fri Nov 02, 2007 10:57 pm    Post subject: Reply with quote

Faço minhas as palavras do Luís Carvalho!
Apesar de todos os defeitos que tem, e como católico aponto-lhe alguns, a RR sempre foi uma estação com trabalho sério e digna de toda a credibilidade!
Back to top
View user's profile Send private message
masterhead



Joined: 06 Jan 2007
Posts: 941

PostPosted: Sat Nov 03, 2007 2:01 am    Post subject: Reply with quote

Concordo consigo, Luís Carvalho.

O meu escrito em relação à IURD, Pentecostal, Bambo e companhia foi irónico, na tentativa de "pôr água na fervura"!

É verdade que estas "seitas" estão a invadir o éter com programas que, para maioria dos ouvintes, não interessam.

A RR tem história, pois tem. Mas não é por isso que não se deve apontar defeitos (que tem!). Contudo, apesar de ser vista como uma estação/grupo de credibilidade, penso que, actualmente, não é esse o principal motivo pelo qual o grupo RR é líder. As pessoas não querem perder tempo para "vasculhar" o éter à procura de novas rádios. Sentem-se confortáveis com aquilo que lhe dão (sem questionar). Veja o caso da RFM: uma rádio que a nível musical parou no tempo. Não evoluiu. Sempre as músicas do costume. Mas os ouvintes não querem ser confrontados com situações desagradáveis. Já sabem que ali, pelo menos, têm a voz do costume a dizer que "está um belo dia" e que "já a seguir vai ouvir meia hora de música seguida, que tenho a certeza de que vai gostar"!
Back to top
View user's profile Send private message
Carlos Gonçalves



Joined: 04 Jan 2007
Posts: 705
Location: Lisboa

PostPosted: Fri Nov 09, 2007 11:03 pm    Post subject: Tudo a propósito dos "6 6 6": veja as diferenças. Reply with quote

Passados dias depois disto:

- Bom, se a frequência 666 tivesse calhado à Renascença, sempre gostaria de ver a cara da Administração da emissora católica portuguesa... Decerto que rapidamente iriam pedir a mudança de frequência... alegando "objecção de consciência"...

- Ironicamente, a RDP é a emissora portuguesa com mais "santos" nos nomes dos emissores: São Gabriel (CEOC), São Miguel (Faro), Santa Isabel...

- Ainda gostava de saber se a RR utiliza torres MF/OM encurtadas c/ recurso a topo capacitivo e, em caso afirmativo, se terão arranjado maneira de concebê-lo em forma de cruz...

de se ter misturado “alhos c/ bugalhos” ao aludir-se ao profissionalismo da RR, à sua qualidade de prgrs, enfim, questões que nunca foram postas em causa, deparei c/ estas linhas:

- Mais uma vez, não me levem a mal este desenvolvimento, com todo o respeito pelos símbolos religiosos e as doutrinas cristãs, mas é o que se pode chamar de antena wireless "em cruz"...

- Na referida página, passe a pub. , o produto está disponível por cerca de 100 €... Desculpem-me a expressão, "Jesus Cristo não incluído"...”

…que não me chocaram, pelo contrário!

Ora, deliberadamente, deixei decorrer alguns dias após aquelas, aguardando algum reacção de prurido por parte de algum membro mais sensível ou pretensamente sensível, mas nada. Estranho. Creio, antes, que sugestões sobre págs. internet sobre algo relacionado c/ o nome “MacCann” poderiam ter-se, essas sim, prestado a eventuais pruridos. Que me lembre, nada de nada.

Assim, e c/ toda a simpatia que me merecem, o membro “TMG” incluído, não entendo, como não posso aceitar!, certos comentários empolados sobre o que referi (s/ qq. maldade) que acabaram por merecer de algum à vontade lexical excessivo por parte do membro “TMG.” (Já agora, perguntaria qual a razão de iniciais e afins em vez do verdadeiro?)

Se eu tivesse alguma vez pretendido causticar a RR ou a sua mentora, a R.Vaticano, ou até outras congéneres, acreditem que já teria tido sobejas oportunidades p/ tal. Já nem falo do que ambas defendem, que não é aqui sequer lugar p/ conversarmos sobre isso – e haveria muito, muito p/ dizer.

Inevitavelmente, terei que acrescentar que voltei a tocar na questão mercê do exposto e só isso - que nada mais nem ninguém me animaria a regressar a tal tópico, como tão-pouco creio ser razoável dar-lhe seguimento.

73.
Carlos Gonçalves.
Back to top
View user's profile Send private message
TMG



Joined: 07 Jan 2007
Posts: 586
Location: Porto / Aveiro

PostPosted: Sat Nov 10, 2007 2:22 am    Post subject: Reply with quote

Carlos Gonçalves,

Confesso que não estava à espera dessa sua reacção. Estou, de facto, sem palavras... e acrescento mesmo... não sei... simplesmente... não estava à espera. Alíás, este meu escrito é bem exemplo disso...

Triste, que depois de tanta cordialidade, tenha que ler estas suas palavras. Mas, obviamente, está no seu direito... e até compreendo.

Acredite que não quis ofender ninguém pessoalmente, muito menos o Carlos (isto a propósito do eventual topo capacitivo em forma de cruz, das torres de MF/OM). De resto, pensava até que tal já estaria ultrapassado.

Acredite igualmente que muito aprendi consigo, nomeadamente no que diz respeito à construção de antenas ou conjunto de antenas receptoras exteriores. Nunca comentei, mas sempre li com atenção e interesse os seus "posts" (desculpe-me o anglicismo), abordando a construção caseira de antenas.

Perante isto, acho que não tenho a acrescentar mais nada, porque... simplesmente... não me ocorre mais nada, nenhum pensamento mais.
_________________


De resto (e apenas isto), compreendo, mas não concordo com a medida drástica tomada pela Administração do Fórum da Rádio, pelas razões que outros amigos do Fórum já manifestaram.

Assim sendo (e peço a todos que não me levem a mal), por esta razão, mas também por outras... decidi suspender a minha participação neste Fórum (activa desde 2005)... fórum esse que estava a conseguir definir um trilho bastante interessante (único no ciberespaço português)... e que, espero, seja retomado muito em breve.

Obrigado.
Abraço a todos.
Back to top
View user's profile Send private message Yahoo Messenger
Pedro Ferreira
Administrador


Joined: 04 Jan 2007
Posts: 419

PostPosted: Sat Nov 10, 2007 2:59 am    Post subject: Reply with quote

TMG: não acho que seja razão para tanto. O fórum continua ser o excelente espaço a que nos fomos habituando. Nada de dramatismos.

Espero que volte em breve.

Cumprimentos,

Pedro

PS: aproveito para dizer que a configuração anterior será reposta. Tal como ponderei o não-acesso de utilizadores anónimos ao que aqui vem sendo escrito, considerei que a medida não foi bem recebida e, como tal, tudo regressará ao original.

Luís Carvalho e moderadores, espero que estejam de acordo comigo. É melhor para todos. Sem cair em exageros e "gabarolismos" falsos, este é, de facto, o melhor fórum sobre rádio em Portugal. Não tem par. E assim continuará. Mas para isso, somos todos precisos.
Back to top
View user's profile Send private message
Carlos Gonçalves



Joined: 04 Jan 2007
Posts: 705
Location: Lisboa

PostPosted: Sat Nov 10, 2007 11:43 am    Post subject: Saídas do Fórum. Reply with quote

"TMG":

(Permitam-me os demais membros que dedique parte deste escrito especialmente a este n/ membro)

"TMG", acha que vale a pena abandonar o Fórum? Não! Peço-lhe que não o faça ainda que, pelos vistos, haja divergências. Lucramos todos c/ a sua permanência.

Pelo sua resposta, note que sou quase levado a supor que talvez tenha havido falha na composição do m/ escrito de ontem. Terá sido?

Veja bem, o que quis dizer foi, tão-sòmente, que se começou a falar de algo em que eu não tocara (logo, e p/ mim, totalmente despropositado), mas acabei por deparar c/ com o comentário de humor são de Luís Carvalho à tal geringonça WiFi e, pelos visto, outros houve anteriormente que não mereceram - e ainda bem!!! - reacções adversas como a sua em que, digo-lhe francamente, não apreciei determinado termo inserido a dado passo, mas esqueçamos isso.

S/ mais rodeios, digamos que me cheirou simplesmente a dois pesos e duas medidas, pois não consegui vislumbrar outra interpretação, e é à luz disto e doutras razões que - como já deve ter reparado - me coibo de comentários sobre muito que vem gerado tópicos atrás de tópicos.

Depois da explicação, acha, então, que terá valido a pena dar o relevo que deu ao "caso" do topo capacitivo e ao resto?

Como não vale a pena, repito, levar a cabo o que anunciou - a saída do Fórum: aprendemos todos uns c/ os outros, ou não não tem sido assim?

Conto, pois, c/ mais intervenções suas!

73.
Carlos Gonçalves.
Back to top
View user's profile Send private message
admin
Site Admin


Joined: 01 Jan 1970
Posts: 1931
Location: Alentejo (Portugal)

PostPosted: Sat Nov 10, 2007 5:33 pm    Post subject: Reply with quote

Amigo "TMG":

Tendo em conta o desenvolvimento desta discussão, sinto-me compelido a participar, tendo em conta as posições expressas.

Antes de mais nada, naturalmente que respeito a sua posição, qualquer que seja a decisão que venha a tomar, mas, francamente, não vejo motivos para abandonar o Fórum apenas por algumas divergências...

------------------------------------------------------

É certo que as questões religiosas são, por natureza, delicadas e é necessário algum cuidado na abordagem das mesmas, para não ferir susceptibilidades. Mas, por outro lado, também não entremos em fanatismos religiosos, defendendo as práticas e doutrinas a todo e qualquer preço, sem ter em conta o contexto e o enquadramento em que as palavras são proferidas...

É verdade que - deliberadamente - recorri a uma piada humorística para tentar "pôr água na fervura", tentando acalmar o clima de tensão existente no presente tópico acerca das questões e símbolos de âmbito religioso... mas, obviamente, com todo o respeito e consideração pela filosofia e doutrina cristã! Se ofendi alguém na sua moral, peço desculpa pelo sucedido, mas não erai minha intenção!

Como referi, também não cheguemos a um regime fundamentalista, não me leve a mal expressão, semelhante aos Talibãs do Afeganistão!

Tratemos a religião com respeito, mas sem defender de forma extrema os princípios morais e religiosos!

Por exemplo, será condenável que uma pessoa esteja descontraidamente num restaurante a jantar uma bela carne de porco, regada com um bom vinho tinto? Para um muçulmano, isto é uma atitude chocante e repugnante, mercê das teologias e doutrinas implícitas no Alcorão! Para um católico ou um budista, é um acto absolutamente normal, que não ofende os seus princípios éticos e religiosos...

Será criticável que um fabricante de "quipás" judaicos não seja judeu praticante? Ou que um católico praticante invoque objecção de consciência para não comungar a Hóstia Consagrada, quando não se confessou antes da missa?

Se formos a analisar a situação numa perspectiva radical, deve-se proibir a carne de porco na gastronomia, por respeito aos muçulmanos, obrigar os homens a praticarem a circuncisão por respeito à religião judaica, forçar toda as pessoas a cumprir as Quatro Nobres Verdades por consideração aos praticantes do budismo, estabelecer várias pausas diárias no trabalho, com a indicação da direcção de Meca, por respeito às cinco orações diárias do Islão?

Naturalmente que esta uma interrogação de retórica, mas que suponho que seja um útil objecto de reflexão acerca dos limites impostos pelas várias doutrinas religiosas e a liberdade religiosa e de consciência que democraticamente, em Portugal, cada pessoa tem.

Na minha modesta opinião, à semelhança do espírito democrático, cada pessoa pode praticar ou não uma fé, de acordo com a sua consciência e os seus princípios, de forma livre, podendo escolher entre seguir a religião com todas as consequências e exigências que a doutrina implica, mas sabendo respeitar os outros credos e consciências.

Nessa óptica, julgo que ninguém aqui no Fórum tem ou teve intenção de criticar com a Igreja Católica e as suas doutrinas...

Não obstante a Renascença pertencer à Igreja, não me coíbo de a defender e a criticar construtivamente quando julgo oportuno, quer do ponto de vista técnico, quer nos conteúdos emitidos pelo Grupo, mas nunca "tocando" na programação religiosa da emissora...

Já por várias vezes critiquei a manutenção de emissores, a "playlist" decadente da RFM, a confusão musical da Mega FM... até elogio os noticiários e programas de informação da RR, até podia falar, por exemplo, na Bola Branca... mas nunca falei no Terço ou nas celebrações religiosas retransmitidas pela RR...

Face a isto, e peço que não me leve a mal, "TMG", mas não consigo compreender por que razão veio ao de cima a discussão sobre a qualidade dos profissionais da estação... Da m/ parte, nunca coloquei em causa o bom trabalho feito pelos profissionais da estação; sempre abordei a RR num ponto de vista imparcial quanto à religião e aos profissionais da R. Ivens, mas sim quanto às questões técnicas e à programação das rádios do grupo, tal fiz e continuo a fazer em relação à RTP, à MCR, à TSF,... que são emissoras laicas...



-------------------------------------------------------------------------------------

Administração do Fórum:

É verdade que a Administração do Fórum, na pessoa do amigo Pedro Ferreira e cuja decisão concordei, a título provisório, bloqueou temporariamente o acesso do Fórum a visitantes...

Claro que não esperei que houvesse consenso entre os utilizadores, mas também face às contingências, decidi manter a iniciativa num curto espaço de tempo, por forma a sensibilizar as pessoas para a propriedade intelectual dos conteúdos do Fórum...

Terá sido uma medida exagerada? Talvez; não nego que possa ter errado quanto à decisão, mas julgo que o fiz com boas intenções, sem ter motivos para prejudicar quem quer que fosse e muito menos tentando restringir o acesso aos nossos conteúdos. Disse, repito e mantenho: foi e era uma situação transitória, de escassos dias!

Desde já, pelo desculpa a quem possa ter ficado prejudicado com esta medida, esperando não ser motivo para a descredibilização do nosso espaço.


Quando criei o "Fórum da Rádio", em meados de 2005, o meu objectivo foi (e continua a ser) o desenvolvimento de um espaço na Internet onde se possa discutir salutarmente todas as facetas da radiodifusão, quer as de natureza técnica, quer os conteúdos e a programação das estações de rádio.

Neste contexto, sempre contei e conto com todos os utilizadores para falar de rádio, para aprender (e até ensinar) acerca de várias questões técnicas, numa lógica recíproca de partilha de informações, esperando apenas benefícios em termos de conhecimentos acerca da radiodifusão.

Foi e continua a ser um espaço de opinião, onde toda a gente é bem-vinda para dar a sua opinião sobre qualquer tema respeitante à radiodifusão em Portugal e por todo o Mundo, respeitando cordialmente sempre as divergências entre opiniões, num espaço onde a Democracia e o respeito mútuo pode e deve continuar.

Assim, não me leve a mal, mas, embora respeite qualquer decisão da sua parte, não vejo razão para abster-se de participar neste espaço, esperando que as discordâncias de opinião não sejam um motivo de objecção para a participação de qualquer "cibernauta" neste nosso Fórum.
_________________
Bons 73s,
Luís Carvalho

Administrador do Mundodarádio - O universo da rádio na Internet
http://mundodaradio.lusopt.info
Back to top
View user's profile Send private message Send e-mail Visit poster's website Yahoo Messenger MSN Messenger
Carlos Gonçalves



Joined: 04 Jan 2007
Posts: 705
Location: Lisboa

PostPosted: Sat Nov 10, 2007 7:38 pm    Post subject: Completíssimo! / Situação do Fórum. Reply with quote

Caro Luís Carvalho - e demais membros:

O seu remate foi, pura e simplesmente, completo em todas as vertentes.

Cá contaremos c/ a continuada participação do n/ membro "TMG"!
________

O que segue seria p/ o outro tópico vizinho deste, mas, como tocou nele, aqui vai.

Urjo a a si, Luís Carvalho, e aos restantes moderadores que mantenhama v/ prudente decisão - porque é situação temporária -, mas, p/ salvaguarda deste património que em boa hora encetou, afigura-se não haver outro remédio.

Digo-o apenas baseado que estou nos escritos lidos e que decerto não foram todos, mas acredito piamente que tenha havido aproveitamentos dúbios, p/ não adjectivar doutra forma.

73.
Carlos Gonçalves.
Back to top
View user's profile Send private message
AndreGarcia
Moderador


Joined: 04 Jan 2007
Posts: 533
Location: Aveiro

PostPosted: Sat Nov 10, 2007 7:40 pm    Post subject: Reply with quote

Caro TMG, o seu contributo é muito importante para o fórum, como tal, peço-lhe para que reconsidere a sua decisão de suspender a sua participação, e que regresse ao nosso "convívio" com a excelência dos seus "posts".

Com os melhores cumprimentos,
André Garcia
Back to top
View user's profile Send private message
somsonoro



Joined: 08 Jan 2007
Posts: 409

PostPosted: Sun Nov 11, 2007 4:54 am    Post subject: Reply with quote

Vou só dizer que a religião tem o seu lugar e num fórum da rádio em principio não deveria ter lugar. Mas em Portugal ao permitir.se a entrada da Igreja (instituição) como proprietária de rádio nacional estabeleceu-se um precedente perigoso que agora se completa com a compra maciça de rádios locais por parte de seitas religiosas.

Perante o panorama actual a resposta mais coerente seria retirar a possibilidade de qualquer igreja ou seita ter acesso à propriedade de estações de rádio. assim tudo ficaria resolvido.

Quanto ao resto, pois, neste fórum, para mim, deve tratar-se e falar-se de RÁDIO. Religião e o resto são assuntos para serem falados noutro sítio.


Cumprimentos.
Back to top
View user's profile Send private message
Cylon



Joined: 23 Oct 2007
Posts: 501
Location: Alverca do Ribatejo/Lisboa

PostPosted: Sat Nov 17, 2007 9:26 pm    Post subject: Reply with quote

Quando, no passado dia 30, abri este tópico, foi devido à peculariedade da frequência hertziana sobre o qual ele se debruça. Confesso que estava mais à espera de, como disse, histórias nacionais ou internacionais que alguém sobre ela conhecesse, do que de observações irónicas sobre ela ou sobre a RR. Quando falava em histórias mais ou menos engraçadas, referia-me a assuntos que, tanto pudessem ser tratados de ânimo leve, como mais sérios. Peço desculpa a todos se não me fiz entender correctamente. No entanto, como pessoalmente não me senti muito tocado - até pelo facto de, nesta fase da minha vida, embora baptizado, confirmado e crismado, me sentir, interiormente, completamente desligado da Igreja Católica Apostólica Romana - continuei à espera de mais contribuições para este tópico. A que mais se aproximou daquilo que pretendia foi, confesso, a de Pedro Ferreira sobre a viagem a Madrid com o seu irmão. Mas também esboçei um sorriso frente ao tubo de raios catódicos perante o contributo de Luís Carvalho e Carlos Gonçalves.

Infelizmente, algumas susceptibilidades foram atingidas, tendo nós quase chegado ao ponto de perder a colaboração do caro amigo TMG. Felizmente essa situação foi sanada, mas não pude deixar de me sentir, interior e ainda que minimamente, um tanto "culpado" pela situação que se gerou, pois foi minha a iniciativa de abrir este tópico; com a agravante de que me havia registado e começado a fazer parte deste fórum havia passado apenas uma semana. Confesso que, na minha cabeça, e digo-o seriamente, e sem qualquer tipo de ironia, cheguei mesmo a especular se não havia aqui alguma influência maléfica daquele número...

Senti-me como se tivesse convidado duas pessoas que se davam bem uma com a outra para um convívio em minha casa, tendo elas cortado relações devido a algo acontecido durante esse convívio, no interior da mesma...

Algumas pessoas, talvez até o próprio TMG estranharão o facto de, com menos de um mês de registo, o estar a tratar como amigo. O facto é que, pela identificação comum com os temas que aqui debatemos, pelo "conhecimento" que se vai travando com os demais participantes à medida que vamos lendo o arquivo do fórum, mas acima de tudo, devido à forma calorosa, amável e prestosa com que aqui foram acolhidas as minhas participações e esclarecidas as minhas dúvidas, é-me impossível dizer agora, passados 26 dias de registo neste Mundo da Rádio, que ainda me sinto entre estranhos. É esta a verdadeira magia da internet e da rádio.

Posto isto, reafirmo a intenção inicial deste tópico. Se alguém souber de alguma história mais ou menos... utilizarei agora palavra "séria", que dela dê aqui conhecimento. Quanto ao binómio religião/mass media, sinto-me tentado a dar a minha opinião pessoal sobre tal, brevemente, e em local apropriado...
Back to top
View user's profile Send private message Visit poster's website
TMG



Joined: 07 Jan 2007
Posts: 586
Location: Porto / Aveiro

PostPosted: Sun Nov 18, 2007 12:42 am    Post subject: Reply with quote

Caro Cylon:

Deixe-me dizer-lhe, antes de mais, que são pessoas como o nosso amigo, que fazem com que o nosso Fórum, seja, cada vez mais, o melhor Fórum de Rádio em Portugal.

De resto, é de salutar a participação de outros membros, mormente de outros países, como a do nosso amigo de Itália, Francesco Patrono.*

*Grazie per la sua participazione. Questo è un spazio aperto a tutte le persone, di tutti nacionalità.

Sobre o tema do tópico, propriamente dito, lamento não trazer nenhuma história. Simplesmente não tenho conhecimento de nenhuma. Mas creia, caro Cylon, e creiam todos os restantes amigos do Fórum, que... por mim, estão totalmente à vontade de trazerem cá, tais histórias. Digo-o sem demagogias.

De resto, Cylon, não tem nada que se sentir culpado pela situação que se gerou. Sobre o caso em si, já tive oportunidade de me explicar noutro tópico desta mesma secção. Entre mim e o amigo Carlos Gonçalves, acredite que está tudo sanado.

O tratar-me, no Fórum, como amigo. Não vejo onde está o problema. Da minha parte, acho que é perfeitamente normal. Faz parte da cordialidade entre membros de um mesmo espaço, que partilham ideias e conhecimentos.

Citando uma vez mais, o nosso amigo Carlos Gonçalves: "temos todos a aprender uns com os outros".
Por inerência, temos também muito a aprender com a participação do amigo Cylon, nem que seja, humanamente. Este seu escrito é um bom exemplo disso.

Cumprimentos. Wink
Back to top
View user's profile Send private message Yahoo Messenger
Display posts from previous:   
This forum is locked: you cannot post, reply to, or edit topics.   This topic is locked: you cannot edit posts or make replies.    yourdomain.com Forum Index -> Conversas Soltas All times are GMT
Goto page Previous  1, 2
Page 2 of 2

 
Jump to:  
You cannot post new topics in this forum
You cannot reply to topics in this forum
You cannot edit your posts in this forum
You cannot delete your posts in this forum
You cannot vote in polls in this forum


Powered by phpBB © 2001, 2005 phpBB Group